gyudon pratico

Mais um prato saudoso, gyudon prático =) No Nihon, era com aquela carne fininha que parecia derreter na boca. Super barato nas redes de Yoshinoya, mas aqui no Brasil, o olho da cara. Para comer com wagyuu, cheguei a pagar uma vez R$ 30,00 por uma cambuquinha pequena.=( Entretanto, valeu o preço porque estava ótimo. Vou ensinar aqui, a receita da minha mãe que não tem erro, e os ingredientes bem fácil de encontrar.

Ah, quem quiser conhecer a casa de gyudon de yoshinoya, o link: aqui.

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de 200 ml de shoyu
  • 1/4 xícara de 200 ml de mirin ou vinagre de arroz
  • 1/2 xícara de 200 ml de saque (Se não tiver nem precisa.)
  • 2 a 3 colheres de sopa de açúcar (Os doceiros se achar que com dois falta, põe três^^)
  • 400g de carne fatiada bem fininha de sua preferência(filé mignon, alcatra ou contra-filé)
  • 1 cebola

Modo de fazer:

Fatie a cebola e coloque dentro de uma panela junto com a carne fatiada. (Não é necessário fritar a carne. A cebola solta água e aproveitamos o líquido dela para cozinhar a carne.)

Acrescente o açúcar, shoyu, mirin ou vinagre de arroz, e saque(Se tiver) e espere levantar fervura.(Não cozinhe demais. O cozimento extra endurece a carne.)

Experimente comer com um arroz quentinho que acabou de sair do fogo para relembrar o Nihon=)

Dica da obaachan: O segredo maior do gyudon está na carne pessoal. Não dá pra você pedir ao açougueiro cortar a carne como se fosse papel, vão rir da sua cara que nem riu da minha. Compre filé mignon ou contra-filé, deixe semi congelado e use uma faca afiadíssima para cortar o mais fininho que puderes. Ou compra wagyuu fatiado no açougue que indiquei na Liba. Post aqui.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here